SEJA MEMBRO DO BLOG JOAÍMA

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

O DISTRITO DE GIRU


O ano de 1899 foi marcado por grande seca que, novamente, assolou todo o sertão nordestino. Muitos moradores da região, fugindo das agruras da longa estiagem, vieram aportar nas terras de Joaíma. E nessa leva de retirantes afixou-se ali um rico fazendeiro e agricultor, chegado de Curral de Dentro, Estado da Bahia, de nome Antônio Alexandrino Ribeiro, sua esposa D. Florinda, Seus dezesseis filhos e mais alguns agregados.
Era possuidor de muito gado e dinheiro. Uma grande fortuna! Adquiriu muitos alqueirões de terra na região onde mais tarde surgiria o Giru e pôs-se a cuidar da lavoura e a criar gado.

Em 1905, o Sr. João Amaro, casado com D. Augustinha, ambos já idosos e sem filhos, viviam em uma propriedade rural, denominada Fazenda Muquém, mais tarde, mudando-se para uma pequena posse comprada de Minervino dos Santos e, ali, construíram sua nova residência. Outras habitações foram surgindo por ali, como por exemplo, a de José Antônio dos Santos, chamado de José Crissiuma que ergueu a segunda casa. Manoel Ferreira das Neves, passado certo tempo, construiu a terceira casa; enquanto a quarta e a quinta foram levantadas por Josias Souto e Juvêncio Ferreira das Neves, respectivamente. Nascia ali o povoado de Giru.
Em torno desse pequeno agrupamento, foram chegando outros moradores como Alexandre Gonçalves, Rufino Pereira de Sena, Maria Senhora de Oliveira Porto, Josina Pereira de Souza e Rogério Farias.
No ano de 1912, Leolino de Souza Ferreira, filho de Cypriano, juntamente com Manuel Fereira das Neves compraram um pequeno terreno de Minervino e doaram ao povoado de Giru, ampliando seu perímetro urbano.


Atualmente, o Giru é dotado de toda infra-estrutura urbana, capaz de assegurar conforto e segurança aos seus moradores.

Barcellar Chaves Fotografia